Indicações
O envelhecimento, a alternância de ganho de peso e emagrecimento pode promover o acúmulo de gordura e flacidez dos braços. A cirurgia plástica dos braços pode ser realizada de várias maneiras dependendo da apresentação clínica. Em casos de acúmulo de gordura de pequena monta, lipoaspiração pode ser realizada e cuidado deve ser tomado para que não seja acentuada flacidez dos braços após a retirada de gordura. Nos casos em que há acumulo de gordura e flacidez moderada, a lipoaspiração pode ser associada à ressecção de pele com cicatriz resultante na região axilar. Nos casos de acúmulo de gordura e flacidez severa, para o remodelamento adequado dos braços, está indicada incisão que se estende de maneira linear das axilas até o cotovelos, por toda parte interna dos braços. Essa abordagem permite retirar o excesso de tecido (pele e gordura) em maior quantidade.

Idade Ideal
Pacientes com grandes perdas ponderais em qualquer idade (ressecção de pele somente) e pacientes com acúmulo de gordura e pele que causem desproporção corporal.

Cicatrizes
A cicatriz resultante pode ser de lipoaspiração somente, na região axilar ou ainda na extensão do braço em casos de maior remoção de tecido. A cicatriz na extensão do braço é planejada para ficar disfarçada na face interna do braço e passará por vários períodos de evolução.

Cicatrizes Inestéticas, Hipertróficas e Queloideanas
As cicatrizes inestéticas, hipertróficas e queloideanas são passíveis de futuras revisôes cirúrgicas, caso venha a ser necessário.
Isto acontece em decorrência de anomalias na evolução cicatricial que podem ocorrer em certas pacientes por causas genéticas ou mesmo inflamações ou infeção pós-operatória (causas menos comuns).
A correção pode ser feita mediante uma pequena cirurgia sob anestesia local, após alguns meses de evolução.
As cicatrizes queloideanas, podem ser tratadas com betaterapia para minimizar riscos de recorrência.